Divulgação

Encontrabilidade

sobre encontrar e ser encontrado!

Este termo tem sido muito usado na área de marketing online, afinal encontrar e ser encontrado é o maior desafio no mundo da internet. Não é à toa que o Google se tornou a maior empresa online do mundo. Você procura e ele te dá uma lista interminável de links com a sua palavra-chave. Ficar no topo da lista do Google ou do Yahoo é um desafio desgastante para qualquer equipe de marketing.

Mas não é sobre marketing online que quero falar. Quero falar sobre paixão, sobre namoro, afinal dia 12 de junho está chegando e todo namoro começa com encontrabilidade. Sim! Encontrar e ser encontrado, isto sem a ajuda do Google. Olhar para um grupo de pessoas e selecionar um ou uma, pela aparência, pela personalidade, por vários detalhes que muitas vezes nem sabemos explicar. O fato é que tudo começa assim, com uma seleção muitas vezes inconsciente, outras nem tanto. Destacamos uma pessoa de uma multidão de gente sem-graça pra nós. Uma pessoa que brilha aos nossos olhos, mesmo sem ter brilho nenhum para muitas outras. Em outros casos somos encontrados, somos selecionados e destacados de uma multidão de fulanos e beltranas. Alguém, sabe-se lá o porquê, olha pra gente e como diz a Bíblia, “encontra graça ou mercê” em nossa normalidade. Somos escolhidos até por coisas e detalhes que nem imaginamos.

Depois disso vem conhecimento e, se tudo der certo, mais interesse, pelo contrário, quando não é recíproco, quem gostou mas não foi apreciado fica na fossa, sentindo-se um zero. Fazer o que!? Deve-se partir pra outra, afinal de contas a busca não é tão fácil assim. Muita gente é exigente e fica um tempão sem encontrar alguém, outros acham qualquer um ideal e dão com a cara na parede por várias vezes.

Após clicar no link e pegar algumas informações, começa o relacionamento, gostoso e imaturo. Muitas pessoas ainda não se acostumaram com a nova era da informação, onde o que vale é acessar e não acumular. Copiar e colar para o seu computador é coisa do passado, pois está lá, online. Não tente se apropriar de algo que nunca será seu, contente-se em poder acessar por um tempo. Porém, em pleno século XXI ainda vemos muitos jovens casais pensando ter a posse do parceiro. Grande erro! Pessoas nunca serão patrimônio, a não ser em caso de escravidão.

Em um relacionamento sadio, acessamos a pessoa até que ela não permita mais o acesso. Até ela tirar o conteúdo do ar. O que nos conecta é a vontade recíproca de estar junto, de compartilhar gestos, palavras, olhares, suspiros, carinhos e etc. Quando a vontade acaba em um dos terminais, a conexão cai e você fica sem nada, doa o quanto doer. Vale pra internet, vale pra paixão, vale pra qualquer relacionamento. Acesse, não aproprie-se!

Pra terminar deixo a letra  de uma música feita exclusivamente para aquela propaganda de televisão do Mercado Livre, na qual um moço oferece um beijo, a moça faz o pedido e ele vai entregar em sua casa. Encontrabilidade - Encontrar e ser-encontrado!


someone is there, waiting for my song
alguém está lá, esperando por minha música
i´m only looking for someone who sings along
eu estou esperando por alguém que cante sozinho
when all my dreams, finally reach yours
quando todos os meus sonhos, finalmente encontram os seus
we will uprise and maybe find our true love
nós despertaremos e talvez encontraremos nosso verdadeiro amor
we will uprise and maybe find our true love

nós despertaremos e talvez encontraremos nosso verdadeiro amor
Share on Google Plus

1 comentários :