Banner Geração Digital

Oito anos do mesmo...


Comecei este blog em novembro de 2004 com o objetivo simples de registrar minhas reflexões tiradas das experiências que a vida me proporciona. Alguns anos depois o blog passou a se chamar Transformai-vos, em homenagem ao texto do apóstolo Paulo, registrado em Romanos 12.2 "Transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus." Este texto transformou-se em uma fixação pessoal, pois duas questões rondavam e ainda rondam minha mente até hoje. A primeira de um ponto de vista Macro: Se a fé cristã é o verdadeiro caminho que leva a Deus, por que tantas igrejas, denominações, cultos e etc. Porém, tão pouca transformação humana e social? A segunda pergunta de um ponto de vista Micro: Por que muitas pessoas, mesmo depois de professar sua fé cristã, não apresentam mudanças significativas em suas vidas pessoais?(questiono isso a começar por mim). Duas perguntas talvez imaturas para teólogos e líderes religiosos, mas elas têm me servido de combustível para refletir e estudar o quanto a fé cristã tem influenciado, ou não, as pessoas em suas vidas íntimas e também a sociedade de um modo mais amplo.

Após oito anos de questionamentos, estudos e mais de 100 textos escritos, termino 2012, ainda no texto de Paulo sobre a renovação da mente, me debruçando agora no profundo trabalho do médico e cientista C.G. Jung, fundador da psicologia analítica. Estou fascinado com a capacidade deste profissional em desbravar o consciente e o inconsciente da mente humana em seu trabalho e algumas coisas precisam ser registradas, como por exemplo a afirmação de Jung que o homem realmente maduro é capaz de desbravar toda a sua complexa gama de sub-personalidades, positivas e negativas. O que penso estar em conformidade com o texto de Paulo, em que ele diz: "Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano; E vos renoveis no espírito da vossa mente; E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade." Efésios 4:22-24. Digo que há conformidade, pois quem poderia se despojar de algo que não conhece? Cabe então a nós, conhecermos nosso ser por completo, para filtrar o "velho homem" com suas deficiências, sabendo também que nesta vida não nos desvencilharemos totalmente dele, assim como diz Paulo em outro texto: "Porque o que faço não o aprovo; pois o que quero isso não faço, mas o que aborreço isso faço." Romanos 7:15.

Penso hoje que, entre a conversão e a morte de cada cristão, muito daquilo que desejamos que Jesus Cristo fizesse milagrosamente por nós, na verdade está sob nossa responsabilidade. Após a salvação pela graça, que é dom de Deus, vem a vida do cristão que deve ser vivida pela renovação da mente, para conhecer a perfeita vontade de Deus. Esta ação é tarefa nossa! Muito do que pedimos e clamamos nos cultos dominicais e nas reuniões de oração, não nos será dado de forma sobrenatural, mas sim, pelo estudo e esforço de cada cristão em viver sua jornada de fé. Muitos autores que tenho estudado, como: Tolstoi e Jung são unânimes em dizer que Cristo Jesus deve ser encarado; não como um amuleto sagrado, mas como um mestre que mostrou o caminho que nós devemos seguir.

Enfim, está aí um tema que não tem fim, pois continuo neste espaço entre a conversão e a morte e até que ela venha continuarei estudando e escrevendo sobre este tema.

Transformai-vos...

Share on Google Plus

3 comentários :

  1. Pensando, vivendo, transformando-se pela renovação da mente, eternamente. Ato contínuo pra quem sabe que não é e nunca será perfeito por aqui, mas deve buscar isso.
    Belo texto. "Transformai-vos"

    ResponderExcluir
  2. Muito bom! Isto faz parte do "combater o bom combate"

    ResponderExcluir
  3. "Tu nos criastes para Ti mesmo, ó DEUS, e nossas almas permanecerão inquietas até que se voltem para Ti". Santo Agostinho
    A nossa busca e nossa transformação deve ser incessante e sem conformismo nenhum.
    Que vc, Lucas, continue seu "Transformais-vos" por mais 8+8+8+...... Parabéns.

    ResponderExcluir