Banner Geração Digital

A Mesa da Fé

Daudi mora em um pequeno vilarejo no Leste da África, com sua esposa Leiza e sua filha Niara que há alguns meses está adoecida e os curandeiros locais não conseguem descobrir que doença ela tem. Daudi trabalha como carpinteiro, profissão que aprendeu com seu pai e a exerce com muito zelo.
Certo dia ele recebeu o pedido de um novo morador, estrangeiro, que lhe fez uma encomenda inusitada. Ele pediu que Daudi fabricasse uma mesa em miniatura para ser colocada sobre um móvel.
Daudi achou aquele pedido mais esquisito ainda, quando o cliente lhe pediu para talhar em cada pé desta pequena mesa, uma frase distinta, em um idioma que ele não conhecia. Sobre a mesa deveria ser talhada apenas uma palavra. Ele ficou curioso, mas como era tímido, não fez nenhuma pergunta àquele cliente sério e de poucas palavras.

Daudi pediu uma semana para entregar o pedido, porém, neste período, conseguiu trabalhar somente algumas poucas horas, pois teve que levar a pequena Niara, por várias vezes, a um curandeiro.
Depois de uma semana, como combinado, aquele homem desconhecido veio buscar sua encomenda. Apesar da dificuldade que Daudi enfrentara durante a semana, o cliente ficou maravilhado com o excelente trabalho. Ele até pagou mais do que o combinado.
Daudi queria muito saber quais eram as palavras que ele havia talhado na pequena mesa, mas hesitou em perguntar e o homem saiu de sua oficina, antes que ele criasse coragem.
Daudi se virou em direção a sua bancada de trabalho, quando ouviu os passos de sua filha correndo na direção do cliente.
─ Senhor! ─ gritou a menina ─ Espere um pouco!
─ Por favor, me diga o que está escrito nesta mesa de boneca? ─ indagou a menina.
Aquele homem abriu um sorriso e se agachou para conversar com a menina, enquanto Daudi observava por uma fenda de sua oficina.
─ Apesar de parecer, não é uma mesa de boneca. ─ disse o homem sorrindo.
─ Não! Mas é tão pequena. O senhor não vai conseguir comer nela. ─ brincou a menina.
─ Não mesmo! ─ respondeu o homem. ─ Sou muito grande para ela.
─ Esta mesa é só um objeto para não me deixar esquecer de algo muito importante que aprendi.
─ Você diz por estas palavras? ─ perguntou a curiosa Niara.
─ Sim, por estas palavras.
─ E o que está escrito?
─ Eu chamo de mesa da fé, pois em cada pé estão escritas as seguintes frases:

  • Ele existe - pois eu preciso me lembrar que não estamos sozinhos neste mundo, pois existe um Ser que nos criou.
  • Ele vê - pois preciso crer que além de existir e nos criar, este Ser pode nos ver onde quer que estejamos. Seja no mais alto monte ou no mais profundo abismo.
  • Ele ama - pois preciso crer também que além de existir e nos ver, este Criador não é indiferente. Preciso crer que ele guarda em seu coração, planos de amor e paz para nós.
  • Ele cuida - pois preciso crer que, além de existir, nos ver e nos amar, este Ser atua em nosso favor, movendo pessoas e circunstâncias pelo seu imenso amor.

─ Este Ser é Deus? ─ perguntou a menina.
─ Sim! o único Deus, que criou tudo que existe neste universo.
─ Entendi, mas que palavra é esta sobre a mesa?
─ Sobre a mesa está escrita a palavra Fé, pois a minha fé está sustentada sobre estas quatro afirmações.
─ Ufa! ─ suspirou a menina ─ matei minha curiosidade.
De dentro da oficina, Daudi prendia a gargalhada ao ouvir sua atrevida menina.
O homem passou a mão na cabeça da menina e se levantou para partir, quando a menina o indagou novamente.
─ E o Senhor trabalha com o que?
─ Eu sou médico! ─ respondeu ele ─ Sou pediatra, especialista em cuidar de crianças como você.
─ Então o senhor pode cuidar de mim, pois estou doente e ninguém descobre o que eu tenho. ─ disse a menina entusiasmada.
─ Eu já sei que o Senhor existe e pode me ver, agora só preciso saber se você vai me amar e cuidar de mim.
Aquele homem se agachou novamente, enquanto Daudi, dentro da oficina, fechava os olhos cheios de lágrimas.
─ Mas é claro que eu te amo e vou cuidar de você! ─ respondeu o homem, também emocionado. ─ Este Deus que nos ama também me ensinou que devo amar a todas as pessoas e ser as mãos Dele aqui neste mundo. Me deixe cuidar de você...



"Sou muito mais do que você vê aqui
Muito mais do que você me deixa ser
Sou muito mais do que você conhece
Um corpo em uma alma
Você não me vê, mas verá
Não sou invisível
Eu estou aqui
Não há nenhum deles
Há somente nós
Há apenas você
Há somente eu"

Invisible ─ U2





Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário