Me respeita

Por Lucas Pedro Transformai-vos - junho 28, 2018



Theodore Kaczynski foi um menino prodígio que, por isso,  foi aceito na Universidade Harvard aos 16 anos de idade, onde concluiu sua graduação. Em seguida, obteve um doutorado em matemática pela Universidade de Michigan. Também escreveu A Sociedade Industrial e Seu Futuro, manifesto no qual ele discorre sobre as consequências de se viver dentro do “sistema tecnoindustrial”, considerando que esse sistema priva os humanos contemporâneos de sua autonomia. Theodore buscou, acima de tudo, ser respeitado por sua opinião e por sua crítica para com as circunstâncias em que vivemos.

Neste mês, completei quarenta anos de idade. Minha quarta década de vida. Aquela idade na qual se espera ter a vida resolvida. Aquela idade na qual a juventude definitivamente passou. Aquele lugar de onde já se começa ver a vida no pretérito, na tentativa de se revelar o que foi feito e conquistado, bem ou mal. É também aquele momento onde se espera ter alcançado algum lugar de respeito, alguma posição, seja na família, seja no trabalho ou em qualquer outro agrupamento social.

A busca por respeito é algo que atormenta, em especial, aos homens (machos). Galgar lugar no coração e na mente daqueles que estão à nossa volta, nossa esposa, nossos pais, nossos filhos. Deve ser por isso que o inteligente apóstolo Paulo, em sua carta aos Efésios, pede que os maridos amem suas esposas, mas não pede que elas amem seus maridos, mas que os respeitem:
Portanto, cada um de vocês também ame a sua mulher como a si mesmo, e a mulher trate o marido com todo o respeito. - Efésios 5:33
Paulo, como todo homem, sabia desta busca incansável e invariável do macho humano, por respeito e admiração. Porém, em sua jornada de fé ele descobriu o quão tola esta busca pode ser. Em sua carta aos Filipenses, no meio de uma exortação, ele declara abertamente sua nova busca:
Se alguém pensa que tem razões para confiar na carne, eu ainda mais: circuncidado no oitavo dia de vida, pertencente ao povo de Israel, à tribo de Benjamim, verdadeiro hebreu; quanto à lei, fariseu; quanto ao zelo, perseguidor da igreja; quanto à justiça que há na lei, irrepreensível. Mas o que para mim era lucro, passei a considerar perda, por causa de Cristo. Mais do que isso, considero tudo como perda, comparado com a suprema grandeza do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor, por cuja causa perdi todas as coisas. Eu as considero como esterco para poder ganhar a Cristo e ser encontrado nele, não tendo a minha própria justiça que procede da lei, mas a que vem mediante a fé em Cristo, a justiça que procede de Deus e se baseia na fé. - Filipenses 3:2-9
A busca por respeito, que nós homens tanto buscamos, levou Theodore Kaczynski a se tornar um assassino conhecido como UNABOMBER. Ele queria tanto ser ouvido, ser lido e respeitado que nesta busca passou a mandar bombas por correio e se tornou um serial killer, encarcerado perpetuamente.

O anseio de Paulo deixou de ser alcançar respeito e lugar na família, no trabalho ou na religião. Sua nova busca incansável era SER ENCONTRADO NELE. Ser achado no centro do desejo e da vontade de Cristo. Seu desejo era que Cristo fosse respeitado e não ele mesmo. Seu desejo é que sua única qualidade fosse esta, de ser um servo de Cristo, encontrado em seu serviço. Nesta busca, Paulo encontrou o mais claro sentido da vida: Servir e Adorar a Deus.

Transformai-vos!






  • Compartilhe:

Você também pode gostar:

1 comentários

  1. Anônimo17.8.18

    Caramba, cara.
    Sensacional, parece até que tu teve uma conversa com o Tiago Arrais antes de escrever este post.

    Deus o abençoe.

    ResponderExcluir